A RPPN Parque do Zizo, em São Miguel Arcanjo, tem 9,1 hectares e está localizada dentro de uma área com cerca de 300 hectares (equivalente a 300 campos de futebol) que há cerca de 15 anos é manejada pela família Balboni para fins de conservação da biodiversidade, pesquisa e visitação, com foco principal no turismo para observação de aves.

 O processo de criação da RPPN “Parque do Zizo” se deu através da Fundação para a Conservação e a Produção Florestal no Estado de São Paulo – FUNDAÇÃO FLORESTAL, órgão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e levou dois anos e meio até seu reconhecimento em 5 de junho de 2013 (RESOLUÇÃO SMA Nº 46, DE 05 DE JUNHO DE 2013).

O que é uma RPPN?

 Prevista na Lei Federal nº 9.985/2000, que criou o Sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma categoria de unidade de conservação privada, com objetivo de conservar a diversidade biológica, na qual podem ser desenvolvidas atividades de ecoturismo, educação ambiental e pesquisa científica. A iniciativa para criação da RPPN é ato voluntário do proprietário e não acarreta perda do direito de propriedade. O título de RPPN dado a uma área particular é de caráter perpétuo.

 As RPPNs têm importância estratégica para a conservação da Mata Atlântica, que já perdeu mais de 90% de sua floresta original e tem mais de 80% de seus remanescentes dentro de propriedades particulares. Neste contexto, aumenta a importância da participação do setor privado nas estratégias de conservação da natureza, das quais as RPPN contribuem junto com as demais unidades de conservação para formação de corredores de biodiversidade protegidos por lei, e servindo como zonas de amortecimento de outras unidades de conservação. Dessa forma, a criação de RPPN também aumenta a extensão e representatividade do sistema de áreas protegidas brasileiro, essencial para o sucesso da estratégia nacional e regional de conservação da biodiversidade.

 O projeto de criação da RPPN Parque do Zizo foi contemplado no X EDITAL DO PROGRAMA DE INCENTIVO ÀS RPPNs DA MATA ATLÂNTICA em 2011, recebendo R$ 8.000,00 do programa para apoiar as atividades do projeto de criação da RPPN. Este Programa é uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica, Conservação Internacional e The Nature Conservancy, no âmbito da Aliança para a Conservação da Mata Atlântica, com o objetivo de apoiar a criação e a implementação de RPPNs neste bioma.

Através do projeto de criação da RRPN Parque do Zizo foi possível gerar os seguintes produtos:

  • Identificação das Veteranas do Parque do Zizo, árvores gigantes e centenárias das trilhas do Parque (download)
  • Mapa das árvores gigantes e centenárias das trilhas do Parque (download)
  • Mapa do Parque e região com os principais corpos d´água da Reserva e das unidades de conservação no entorno do Parque do Zizo (download)

Equipe do Projeto RPPN Parque do Zizo:

  • Francisco Balboni (Proprietário da RPPN Parque do Zizo)
  • Vital Balboni (Presidente da APAZ)
  • Camila Pianca (Bióloga – Responsável técnica – Grupo Natureza, Sociedade e Conservação)
  • Paula Fogaça (Bióloga – Levantamento de árvores)
  • Marco Antônio Rodrigues de Oliveira Junior (Tecnólogo em Gestão Ambiental – SIG)
  • Hugo Balboni (web designer)

Coordenação do Projeto

bar-aopio

Apoio Financeiro

bar